Marés Vivas 2018

Cartaz 2018 Horário

THE BLACK MAMBA

Maio de 2010 fica marcado na história pela junção de Pedro Tatanka, Ciro Cruz e Miguel Casais enquanto grupo. "The Black Mamba", nome que baptiza o trio e o disco da estreia, foi a inspiração encontrada para em conjunto provarem do seu próprio veneno. A química e a experiência destes grandes músicos, permitiu-lhes percorrer o universo do blues, soul e funk, numa adaptação ao seu habitat natural.

O público português foi consensual e imediato no reconhecimento e apoio a este trabalho: primeiro lugar de vendas do iTunes, a primeira edição do disco esgotado nas lojas, o airplay nas rádios, a presença de norte a sul em várias salas e festivais de destaque, são indicadores que em Portugal, representam por si só uma vitória.

2014 arranca com a produção do segundo disco de originais, "Dirty Little Brother" editado a 22 de Setembro., um disco produzido entre Lisboa e Nova Iorque, que reúne 11 temas com colaborações como: Aurea, António Zambujo, Silk (Cais Sodré Funk Connection) e Orlanda Guilande.
Ao longo de 2015, a banda percorreu o país com a tour de apresentação de Dirty Little Brother, tendo marcando presença em grande eventos e festivais nacionais, como o MEO Marés Vivas.

The Black Mamba encontram-se a trabalhar no sucessor de “Dirty Little Brother”, sendo “Stronger” a primeira amostra daquele que será o terceiro álbum de originais da banda. É assim com muita expetativa que o público do MEO Marés Vivas aguarda o regresso dos The Black Mamba ao festival de Vila Nova de Gaia.

Mais Informação Artista:

https://www.instagram.com/theblackmambamusic/